Por Paula Tooths e Fabricio Magalhães

A obtenção de uma licença de construção nos Estados Unidos pode ser um processo complexo, mas se você seguir as dicas do empresário Marcos de Carvalho, pode confiar que seus novos negócios vão prosperar.

Você precisa seguir as regras do estado, dependendo de onde você for construir, pois elas diferem. O processo final envolverá você incorporando formalmente uma empresa para aderir às regras e regulamentos, permitindo que você negocie.

No primeiro instante, você precisará atender aos requisitos básicos. Decida qual classe você deseja obter, isso se divide no tipo de trabalho que você realizará, por exemplo, um empreiteiro de ‘classe C’ pode executar trabalhos específicos limitados a valores de US$ 10.000 ou menos. Um construtor ‘classe B’ pode estar em projetos de até US$ 200 mil e uma licença de ‘classe A’ permitirá projetos de qualquer valor.

As taxas e os requisitos de seguro dependerão inteiramente da classe de licença que você deseja obter. Você precisa ser muito específico ao escolher qual classe você se encaixa, “pois o trabalho em projetos fora desta área seria considerado uma violação da regulamentação e você poderá enfrentar uma acusação juntamente com pesadas multas”, conta Marcos.

Nomeie e registre o negócio com as autoridades locais no estado em que você negociará. Você pode fazer isso sozinho ou usar uma empresa que trabalha especificamente na abertura de novos negócios. Se você decidir arquivar a empresa, precisará estar vigilante com todas as áreas, como a obtenção de um EIN (Número de Identificação do Empregador) do IRS. Também é importante notar que em alguns estados você deverá nomear pessoas qualificadas relacionadas à sua empresa para operar legalmente.

Cada estado exigirá que você passe em um exame de contratado. Dependendo do estado, você pode achar que eles exigirão perguntas respondidas nas áreas técnica e de negócios. Você pode se preparar entrando em contato com o ICC (International Code Council), que pode aconselhar sobre os detalhes exigidos no estado / área em que você estará trabalhando.

Marcos de Carvalho, expert em investimentos na área de construção, explica que, na Flórida, o candidato deve ter mais de 18 anos, bom caráter, seguro social (viver legalmente no país), ter mais de 650 pontos de crédito, mínimo de 4 anos de experiência ou diploma nessa industria, seguro patrimonial, conta bancária e claro, todas as licenças necessárias.

O empresário também relata que o processo nesse estado pode ser bem mais simples do que parece. O curso tem apenas dezesseis horas e pode ser feito em inglês ou espanhol.

“O custo é de US$450 e Ao término do curso, há uma prova obrigatória de 85 questões, onde o candidato deverá acertar no mínimo 56 delas”, conta Carvalho.

É imperativo, depois que isso é feito e antes de começar a operar, você obtenha um título de seguro, permitindo que você trabalhe com segurança em projetos, sabendo que está coberto para qualquer eventualidade.

Você também precisará passar por uma verificação de antecedentes, mostrando que é de boa índole antes de poder trabalhar.

Depois de ter todas essas coisas em ordem, você poderá enviar sua inscrição. Certifique-se de pagar as taxas solicitadas, caso contrário, sua inscrição será rejeitada. Feito isso, basta aguardar a decisão. Isso pode demorar um pouco, no entanto, você pode checar com a administração de cada cidade ao enviar sua documentação e eles deverão fornecer uma orientação aproximada sobre qual será o prazo esperado.

Marcos de Carvalho é paranaense, mas cresceu em Minas Gerais. Bacharel em Business pela University of Bridgeport (CT), iniciou sua carreira na Fiat, foi Diretor Administrativo da MM Veículos de Contagem e Belo Horizonte (MG) e da Macvel Veículos em Belo Horizonte (MG). Também fundou a MK Construtora em Belo Horizonte, onde é diretor administrativo por mais de 6 anos e é sócio administrador da Construtora A.P.H. na Flórida.

Fonte: Pier Magazine