Disputas eletrizantes e muito aprendizado, marcaram o ano do atleta, estreante na GP

Brasil, São Paulo (SP) – O Autódromo de Interlagos recebeu neste final de semana, a grande final da Sprint Race. Carros e pilotos proporcionaram um show de disputas e muitas histórias marcadas na galeria da categoria.

Marcelo Henriques, piloto do carro numeral 03, ao lado de seu companheiro de equipe, Alex Seid, tiveram um final de semana desafiador. O ajusto do carro precisou ser minucioso para que ambos os pilotos pudessem ser competitivos no certame.

“A grande final foi mais uma etapa de muito aprendizado para mim. Na sexta-feira, assumimos um carro com muito trabalho a ser feito. Os mecânicos assumiram o comando dos ajustes, mas nem tudo pode ser acertado a tempo do classificatório. Após a classificação, alguns pontos foram ajustados e fomos para a corrida. As primeiras voltas foram bem disputadas e fui para cima do pelotão da ponta na GP. Faltando uma volta para terminar a corrida, deu uma apertada para alcançar o primeiro colocado da GP. Freei um pouco mais dentro no S do Senna, pra já vir mais forte e realizar a ultrapassagem, porém abusei um pouco e acabei saindo de traseira, tive que tirar um pouco o pé para salvar e o terceiro colocado acabou me passando na reta oposta. Finalizei a GP com a terceira colocação, e com uma sensação muito boa de ter realizado uma temporada de muito aprendizado e conquistas pessoais.”, comenta Henriques.

A classificação final da temporada garantiu decima colocação para a dupla, no Overall e sexta colocação na Sprint Race Brasil, ambos categoria GP.

Marcelo Henriques finaliza a temporada com sensação de dever cumprido e continua batalhando segundo a segundo para conquistar seus objetivos no esporte a motor.

Até 2020!!
Classificação do campeonato Overall, após 18 corridas

(SR Brasil e Internacional Cup, somadas):
GP
10º –  #03 Alex Seid/Marcelo Henriques, 158
Classificação da Sprint Race Brasil, após 14 corridas:
GP
6º – #03 Alex Seid/Marcelo Henriques, 156