Mais 22 brasileiros deportados dos Estados Unidos chega, nesta sexta-feira (29), às 14h10, no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, localizado em Confins, na Região Metropolitana.

Segundo a BH Airport, o último avião com deportados pousou em Confins no dia 15 de maio.

Em outubro de 2019, a chegada do primeiro voo com deportados ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte marcou a retomada de uma medida que não era aceita pelo Brasil desde 2006, quando o Itamaraty alterou a política de trato de brasileiros no exterior.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, o desembarque foi monitorado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Logo após a aterrissagem, foi verificado se há algum passageiro com sintomas da Covid-19. Segundo a concessionária que administra o aeroporto, até o momento, não houve nenhum passageiro sintomático em voos com deportados.

Também devido ao coronavírus, os voos internacionais estão suspensos em Confins, a exceção dos voos com deportados.

Brasileiros que vieram dos EUA em outros voos relataram maus-tratos. Na chegada, um deles, que não quis se identificar, disse que muitos passam fome durante a prisão. Homens, mulheres e crianças, de vários estados do país, desembarcam apenas com a roupa do corpo, documentos e o que sobrou do dinheiro que levaram.

Fonte: G1