O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou este sábado, num discurso divulgado em vídeo pelas comemorações do Dia da Independência, que o país vai em breve recuperar dos efeitos da pandemia do coronavírus, ao qual chamou de “praga da China”.

“Hoje é um dia para celebrar muitas coisas diferentes, mas principalmente a liberdade”, declarou Trump na introdução do vídeo, publicado através do Twitter.

“Há quatro meses estávamos a bater recordes em qualquer campo, não importa o quê. Se olharem para cada coisa separadamente, tínhamos os melhores números de desemprego, os melhores números de emprego, os melhores números da bolsa de valores que já tivemos”, recordou.

Segundo o presidente americano, os EUA tinham o melhor desempenho de qualquer país do mundo em toda a história da humanidade, mas foi atrapalhado pela crise sanitária.

“Fomos atingidos por esta terrível praga da China e agora estamos prestes a vencê-la. O nosso país vai recuperar”, frisou o chefe de governo, que encerrou a sua mensagem com a promessa de que os EUA serão maiores que antes.

Fonte: EFE