Alunos brasileiros podem obter diploma High School sem precisar sair do país

Muitas famílias acreditam que a melhor maneira de garantir um futuro promissor para seus filhos é investir na educação, oferecendo as melhores oportunidades desde a infância. Mas, nem sempre a realidade financeira e logística permite que se inclua uma graduação internacional nesse planejamento. E foi pensando nisso, que nasceu em 2019 a GLED International Education, uma escola com metodologia pioneira no Brasil que permite aos
alunos obterem o diploma americano através de um ensino online. Depois de passar quatro anos morando na Flórida, nos Estados Unidos, o empresário e pai, Mario Aguilar percebeu que poderia estender a milhares de brasileiros o conhecimento que suas filhas estavam adquirindo através de um método inteiramente internacional.

Mario Aguilar

“Foi muito gratificante verificar o desenvolvimento das meninas durante o primeiro ano em contato com a metodologia ESL, e posteriormente, quando retornamos ao Brasil, vê-las tendo a oportunidade de continuidade do Ensino Médio norte americano através de uma plataforma online.” Para levar esse acesso aos brasileiros, que no momento não podem sair do país, seja por conta da constante alta do dólar ou pela chegada da pandemia, a
metodologia da GLED faz uma equivalência das disciplinas brasileiras, de maneira que os estudantes precisam cursar apenas seis disciplinas americanas. E conforme o aluno avança nos estudos vai recebendo créditos para no final do Ensino Médio obter a certificação brasileira e da High School nos EUA.

Além do programa High School, a GLED oferta outros cursos, que partem do mesmo princípio de acessibilidade e integração, desenvolvidos por um corpo docente de pedagogos, professores e gestores para crianças entre 04 e 10 anos (GLED Kids), adolescentes, jovens e adultos (a partir de 11 anos – GLED English), orientados por um tutor durante todo o método.

O GLED English é realizado através de uma plataforma digital de metodologia ESL que une a inteligência artificial, comparando a pronúncia do aluno à fala de outros 100 nativos, ao desenvolvimento das quatro habilidades linguísticas necessárias para se tornar fluente em um novo idioma: ouvir, falar, ler e escrever.

Criada para facilitar o acesso ao ensino de qualidade da língua inglesa, a EdTech GLED juntamente com empresas parceiras, disponibiliza transformação e crescimento através de um aprendizado baseado em dados e feedbacks personalizados. A tecnologia permite que o aluno estude quando e onde quiser usando um desktop, notebook, smartphone ou tablet, e pagando um valor acessível.

“A educação internacional para os brasileiros passará obrigatoriamente através de plataformas digitais educativas online, e foi desta forma que trouxemos o que há de melhor hoje no mercado, com ferramentas de Inteligência Artificial, Módulos de Reconhecimento de Voz e Sistemas de Gamificação”, finalizou Mario.