Gabriel e Bianchini em ação: dupla vai para o tudo ou nada no Jalapão (Claudiney Sandro)

Faltando 212km cronometrados, apenas dez segundos separam os líderes na categoria UTV

Gabriel Varela e Filipe Bianchini seguem na disputa pela vitória do Rally Jalapão, etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, que acontece entre o Tocantins e a Bahia. A dupla da equipe Monster Can-Am completou os 298 quilômetros da penúltima especial da prova, disputada em São Félix do Tocantins (TO) na terceira posição, depois de enfrentar um contratempo no final do estágio.

“Faltando três quilômetros para a chegada, a gente vinha em um ritmo forte para tentar recuperar um pouco de tempo que perdemos na primeira parte do dia. Mas tivemos um problema na correia do motor. Trocamos rápido, tivemos um prejuízo pequeno”, disse Gabriel, logo após o encerramento da especial desta sexta-feira.

Após a especial desta sexta-feira, Gabriel e Bianchini ocupam a segunda colocação do Rally Jalapão entre os competidores dos UTVs, distantes apenas dez segundos dos líderes Cristiano Batista e Robledo Nicoletti, vencedores da especial desta sexta-feira. “Perdemos a liderança, mas estamos próximos, então a briga está boa”, completou o piloto da equipe Monster Can-Am.

A especial decisiva do Rally Jalapão está marcada para este sábado (19), quando os pilotos deixam São Félix do Tocantins e seguem em direção para Luís Eduardo Magalhães, na Bahia. Serão 212 quilômetros cronometrados e 470 quilômetros totais.
A equipe Monster Can-Am compete com apoio de Norton, Arisun Pneus, Techbond, Motul e Blindarte.

Resultado da terceira especial do Rally Jalapão:
1º – Cristiano Baptista/Robledo Nicoletti – 4h14min32s
2º – Fábio Ruediger/Eduardo Bampi – 4h16min54s
3º – Gabriel Varela/Filipe Bianchini – 4h19min41s
4º – João Franciosi/Cesar Valandro – 4h19min51s
5º – Denísio do Nascimento/Idali Bosse – 4h20min34s

Classificação após três especiais do Rally Jalapão
1º – Cristiano Batista/Robledo Nicoletti – 9h34min50s
2º – Gabriel Varela/Filipe Bianchini – 9h35min00s
3º – Fábio Ruediger/Eduardo Bampi – 9h36min02s
4º – Tomas Luza/Robson Schuinka – 9h42min14s
5º – Gabriel Cestari/Jhonatan Ardigo – 9h46min22s