Espaço, que funciona como atração cultural, loja e locação para ensaios fotográficos está em atividade desde 1997

 

Goiânia-GO, fevereiro de 2022 – Fundado há 25 anos, o Antiquário Brechó Goiano está localizado no Centro de Goiânia desde o início de suas atividades, contribuindo para a valorização dessa área. Além de loja, o local também funciona como cenário para ensaios fotográficos e como atração cultural, estando aberto para visitações dos interessados em contemplar seu acervo de antiguidades e de obras de arte, de maneira a agregar conhecimento a essas pessoas.

 

Durante as visitas, os funcionários repassam para os visitantes todas as informações que têm sobre o acervo e sobre cada peça que eles tiverem interesse para que aprendam mais sobre a história e a cultura de Goiás e do Brasil. As visitações são gratuitas e podem ser feitas durante todo o horário de funcionamento. O antiquário está instalado há seis anos no endereço atual, na Rua 3 nº 13, em frente à Praça Dr. Borges dos Santos Dias, ficando aberto de segunda a sexta-feira, das 09 às 17 horas, e aos sábados, das 09 às 13 horas.

 

O estabelecimento foi criado no início de 1997 e, de lá para cá, já esteve em outros endereços, mas todos no Setor Central, o que demonstra a predileção do proprietário do espaço pelo bairro. “Escolhi o Centro para estabelecer o antiquário por ser um local de fácil acesso para o público e também para participar da revitalização dessa região, diferentemente de empresários que escolhem bairros nobres, em detrimento do Setor Central”, afirma Wanderlei Marques.

 

Ele retoma ainda o movimento em prol da ocupação dessa área. “O Centro agrega muito na cultura goianiense, então, ultimamente, tem ganhado força um processo de estímulo aos espaços culturais e comerciais da região. Assim, podemos reavivar o Centro e eu sinto uma enorme gratidão pelo Antiquário Brechó Goiano fazer parte disso”, declara Marques. Segundo ele, o estabelecimento também contribui para a democratização do acesso à cultura e ao conhecimento.

 

Referência no ramo de antiguidades em Goiânia, o local abriga peças que levam consigo uma grande carga histórica e que fazem parte das culturas goiana, brasileira e mundial, já que também possui itens de outros países. “As peças de antiquário carregam histórias e despertam lembranças, que não devem ser apagadas nem esquecidas em respeito às nossas origens”, defende Marques.

 

Diversidade

A loja começou como um brechó de roupas de grife e o dono do espaço, que sempre foi um apaixonado por antiguidades, utilizava suas peças pessoais na decoração da mesma. Assim, surgiu também o antiquário. Desde então, o Antiquário Brechó Goiano conta com uma grande diversidade de peças, que inclui móveis, esculturas, quadros, itens de decoração, panelas de ferro antigas, lustres antigos e relíquias diversas.

 

Dentre os quadros que podem ser encontrados no espaço, estão alguns assinados por pintores renomados, como Antônio Poteiro, Omar Souto, Dilma di Carvalho e Eldo Dias. Além disso, o estabelecimento acomoda vários quadros cusquem, que são pinturas originadas do Peru caracterizadas por representar cenas bíblicas.

 

Outro exemplo são os quadros Gobelins, feitos com um tecido que reproduz as peças da famosa fábrica de tapeçaria francesa do século XVII Manufatura dos Gobelins. A atuação como brechó também continua e é possível encontrar no local roupas de inverno, como casacos, sobretudos, jaquetas de couro e luvas, além de bolsas e sapatos de grife.