Empresa já vendeu mais de 2 milhões de cachorros-quentes em 29 anos de existência e projeta expansão em breve

Uma carrocinha de cachorro-quente que começou POA (RS), hoje possui 2 endereços e é considerada parada obrigatória por quem passa pelas regiões de Porto Alegre. Este é o Cachorro do Bonfa, empresa criada em 1993 pelo casal Flávio Soares e Eunice Antunes Magalhães, depois de investirem em um negócio que não deu certo no ramo de serralheria, em Passo Fundo (RS).

“Um primo do meu pai tinha um cachorro-quente na zona norte de Porto Alegre. Na época meu pai, Flavio Soares, trabalhava na Panambra, tradicional revenda de veículos da época. Depois que ele saiu da empresa, com a  rescisão, ele montou uma serralheria em Passo Fundo com um sócio. A sociedade não deu certo e do valor que ele havia investido foi feita uma carrocinha de cachorro-quente que veio de Passo Fundo para Porto Alegre. Muitas coisas ele aprendeu com esse primo e com o tempo foi aprimorando os processos”, explica Francini Magalhães, gestora geral do Cachorro do Bonfa atualmente.

O nome ‘Bonfa’ veio de inspiração de uma carrocinha do Parque da  Redenção, em 1993. Na época, o ’Bonfa’ era conhecido como ‘Cachorro do Flavio’. Um belo dia, um cliente que frequentava assiduamente sugeriu que trocasse o nome para ‘Cachorro do Bonfa’ e fez o primeiro logotipo da empresa. Foi aí que as coisas tiveram uma reviravolta para nunca mais parar.

Os lanches ganharam espaço entre os consumidores e hoje disputam os consumidores diretamente com grandes marcas como McDonalds e Burguer King da região, segundo um estudo realizado pelo Lola, empresa especializada em gestão por meio das marcas. “Fazendo as pesquisas de percepção de marca, identificamos que os consumidores consomem os cachorros-quentes de forma semanal ou diária.

Essa paixão tem alguns motivos: o primeiro é a produção dos cachorros-quentes, feitos de modo artesanal. Depois, a tradição familiar, que foi passada de geração em geração (inclusive na forma de produzir, montar e embalar os lanches). Além do respeito, gentileza e a criação instantânea de elos afetivos e emocionais com os clientes, que são um dos valores da empresa: “aqui no Bonfa aprendemos todos os dias com os nossos clientes. Nosso objetivo é que, ao comer nosso cachorro-quente, as pessoas sintam felicidade genuína, algo tão necessário nos nossos dias atualmente”, complementa Francini.

Mesmo com os desafios enfrentados durante a pandemia, a empresa, em 2021 lançou sua própria maionese artesanal. Recentemente criou o aplicativo de entregas e fez parceria com a Brown Brownie. O Bonfa, que já vendeu mais de 2 milhões de cachorros-quentes desde 1993, prevê fechar o ano com o faturamento de R$ 1.7000,000 e pretende neste momento manter o processo de rebranding e fortalecer ainda mais a marca, e em segundo momento pensar em expansão, como Francini explica: “abrir uma filial na zona norte de Porto Alegre é um desejo muito grande dos nossos clientes e está no nosso radar.”

Aniversário da empresa

09 de setembro é comemorado o Dia Nacional do Cachorro-Quente, na mesma data de aniversário do Bonfa, que completa 29 anos. Para este ano, a empresa está revitalizando as áreas de atendimento da Tele-entrega e da Carrocinha. O Bonfa lança um programa de fidelidade da Tele-entrega (a partir de 7 pedidos, o cliente ganha 1 copo, e a partir do 15º, ganha uma ecobag).

Para o dia 09/09/22, todos os pedidos receberão uma unidade de 150g da maionese exclusiva do Bonfa.

Sobre a empresa

O Cachorro do Bonfa, criado em 1993, é uma empresa familiar especializada em cachorros-quentes artesanais localizada em Porto Alegre (RS). Com mais de 20 anos de experiência, a empresa possui cardápio diferenciado e opções vegetarianas. O Bonfa está localizado em 2 endereços: Rua Santa Terezinha, esq. José Bonifácio, Bom Fim – POA, e Rua João Alfredo, 395 – Cidade Baixa – POA, além da entrega pelo aplicativo.