Sabrina Cabral, Sophia Bessa, Celina Landim e Aisha Paz são vencedoras de edições anteriores do prêmio Mude o Mundo Como Uma Menina. No centro, a fundadora do projeto, Déborah De Mari. | Crédito: Equipe Força Meninas

Realizada pela plataforma educacional Força Meninas, a iniciativa promove um movimento nacional com mais de 20 jovens lideranças brasileiras, para incentivar meninas a desenvolverem projetos de inovação e empreendedorismo social em suas comunidades e ingressarem em áreas STEM

A física Sônia Guimarães, Natalia Pasternak, presidenta do Instituto Brasileiro Questão de Ciência, a pesquisadora da UnB Renata Muniz Prazo, a PhD Daniela Gomes, Prof. na Universidade Estadual de San Diego, além de Pascale Thivierge, gerente do Programa de Diplomacia Política e Pública do Consulado do Canadá, em São Paulo, integram o corpo de juradas do prêmio

São Paulo, outubro de 2022 – No dia 11 de outubro, em comemoração ao Dia Internacional da Menina, data celebrativa declarada pela Organização das Nações Unidas (ONU), a plataforma educacional Força Meninas abre as inscrições para a quarta edição do prêmio Mude O Mundo Como Uma Menina. De 11 a 28 de outubro é possível inscrever-se gratuitamente pelo site.
Com o objetivo de premiar soluções transformadoras elaboradas por meninas de 13 a 21 anos de todo o Brasil, o projeto reforça a importância da participação e criação de iniciativas desenvolvidas inicialmente para as comunidades das candidatas e consequentemente para todo o mundo.

 

Serão selecionadas seis concorrentes que se enquadrem nas categorias: criativa, líder, determinada, pioneira, visionária, mobilizadora (categoria nova, a ser disputada apenas por ex-premiadas) e a Juntas Somos Força, que premiará seis projetos de coletivos com potencial de crescimento e impacto.

 

Por meio do apoio institucional do consulado do Canadá e das empresas ERM Consultoria em Sustentabilidade e Banco Original, além do apoio da Secretaria Municipal de Juventude de Fortaleza e da Unidade de Educação Básica (UNIEB) Santa Maria Distrito Federal, a ação premiará as ganhadoras das categorias individuais com a quantia de R$ 5 mil, para ser investida em sua liderança, e a participação em um programa de doze semanas que engloba curso e mentoria.
A vencedora Mobilizadora vai receber um notebook para facilitar a execução de seus trabalhos e também ganhará um convite para a mentoria. A cada selecionada na categoria Juntas Somos Força serão entregues R$ 2,5 mil para custear sua iniciativa e mais um programa de mentoria em Inteligência Financeira, Economia Verde, Empreendedorismo para Nova Economia e Liderança.
Participar do evento representa a oportunidade de se conectar à rede da Força Meninas, um negócio de impacto social com reconhecimento internacional. É também a única organização brasileira membro do Solve [ED], plataforma de desenvolvimento de empreendedorismo e impacto social com foco em jovens, do famoso MIT, o Massachusetts Institute of Technology, nos Estados Unidos, uma das escolas mais renomadas do mundo em inovação.
Neste novo contexto pós-pandemia, a plataforma promoverá encontros presenciais com meninas inspiradoras (vencedoras de edições anteriores) e parceiras da plataforma em escolas de São Paulo, Goiás, Acre, Pará, Bahia, Alagoas, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Ceará, Santa Catarina, Paraná e Distrito Federal. A ideia é mobilizar e incentivar jovens de todas as regiões do país.
“Em 2021 tivemos 398 inscritas e para este ano esperamos muito mais. É uma oportunidade única para meninas de todo o Brasil descobrirem a importância de se tornarem protagonistas das mudanças que querem ver em seus mundos. O desenvolvimento de uma mentalidade orientada à inovação e a resolver os problemas mundiais ainda está confinada ao ambiente corporativo. Contudo, essa geração precisará atuar em profissões que ainda não existem e criar novos futuros. Esse é o intuito do prêmio, incluí-las em ambientes de decisão e protagonismo”, diz Déborah De Mari, fundadora do projeto.

 

Para selecionar e anunciar as vencedoras, no dia 12 de novembro será feita uma cerimônia em formato online, com participação de um corpo de jurados formado pela física Sônia GuimarãesNatalia Pasternak, doutora em microbiologia e presidenta do Instituto Brasileiro Questão de Ciência, Prof. e Dra. Renata Muniz Prazo, da UnB, PhD Daniela Gomes, Prof. na Universidade Estadual de San Diego, além de Pascale Thivierge, gerente do Programa de Diplomacia Política e Pública do Consulado do Canadá, em São Paulo.
As categorias nas quais está dividido o Prêmio Mude o Mundo como uma Menina são:
Categoria Criativa: Dirigida a meninas que produzem arte real ou virtual, de alto potencial criativo e que já tenham algum material, protótipo ou obra realizada de alto impacto entre críticos e/ou entre o público. Alguns perfis indicados a essa categoria são meninas, desenvolvedoras, ativistas, slammers, grafiteiras, ilustradoras, compositoras, escritoras, desenhistas e todas aquelas que expressam pela arte as mudanças que querem ver na sociedade.
Categoria Líder: Orientada a meninas com espírito de liderança. Reconhece, meninas notáveis por lutar por aquilo em que acreditam, liderando movimentos, causas e/ou projetos engajando pessoas, para impactar positivamente a sua comunidade.
Categoria Determinada: Destinada a meninas que enfrentaram diversos obstáculos em suas jornadas, mas não desistiram de alcançar seus objetivos por isso. Também engloba meninas que desenvolveram projetos, ideias e/ou movimentos em situações com obstáculos financeiros, sociais, físicos e/ou geográficos, que foram transpostos por sua determinação e vontade de fazer a diferença.
Categoria Pioneira: Aberta a meninas que conseguem inspirar outras a irem além, sendo as primeiras a abrirem caminho e desbravar novas fronteiras. Incluem-se aqui as precursoras de ideias, projetos e iniciativas que vão além do senso comum, que desenvolvem projetos autênticos, que exploram campos ainda pouco trabalhados e que impactam uma comunidade. Não temem ser as primeiras e sabem que não serão as últimas.
Categoria Visionária: Designada às meninas que idealizam projetos inovadores, são vistas como “à frente do seu tempo” e, assim, causam transformações revolucionárias com ideias originais.
Categoria Mobilizadora: Premia as meninas que encantam sua comunidade pelas suas iniciativas empáticas que atingem diversas outras. Reconhecidas por seus colegas como agentes de mudança. Apenas as que já foram premiadas poderão concorrer nesta nova categoria.
Categoria Juntas Somos Força: Tem como objetivo celebrar seis projetos de meninas em fases iniciais. Essas iniciativas devem apresentar um potencial de crescimento e impacto para outras jovens dentro das temáticas: Inclusão Financeira, Combate a Crise Climática, Saúde das meninas, Inserção em áreas STEM e Tecnologias emergentes
Serviço

Inscrições Gratuitas

Data: De 11 a 28 de outubro

Site: Força Meninas
Cerimônia

Data: 12 de novembro

Local: Na Unibes Cultural e Online

 

Sobre a Força Meninas
Força Meninas é uma plataforma de impacto social cuja missão é fortalecer o potencial das meninas, capacitando-as com as habilidades necessárias para que sejam protagonistas das oportunidades futuras. Com esse propósito, fomenta a transformação na vida das meninas brasileiras, apoiando a construção de um novo futuro para elas. Desde sua criação em 2016 já são mais de 52 mil meninas sensibilizadas em 23 estados e 29 cidades no Brasil.